Como usamos um chatbot para escalar nosso time e gerar leads no RD Summit

Tempo de leitura: 8 minutos

Antes de te contar como usamos um chatbot para escalar nosso time e gerar leads durante o RD Summit 2017, vou explicar um pouco sobre o negócio da Surfe Digital. Mais a frente você vai entender como faz todo sentido esse “jabá”.

Somos uma empresa que atua no mercado de transformação digital. Ajudamos empresas tradicionais a crescerem por meio do conhecimento e cultura de negócios e estratégias digitais.

Nossa especialidade é construir máquinas de crescimento marketing-vendas para empresas de médio e grande porte nos setores B2B em geral, indústrias, imobiliário, educacional, tecnologia/software, energia e no agronegócio.

Depois de 7 anos de existência, a Surfe se tornou uma scale-up (nome dado para negócios de alta performance), com crescimento médio de 480% em faturamento nos últimos 3 anos.

Entendemos que era hora de ir para o próximo nível.

O patrocínio do maior evento de marketing digital e vendas da América Latina

Em 2017, o RD Summit recebeu 8.000 profissionais e mais de 150 palestrantes, com atrações internacionais como Avinash Kaushik do Google, Martin Spier do Netflix e diversos outros nomes, distribuídos em 12 trilhas de conhecimento durante os 3 dias de evento e 22 mil metros quadrados de infraestrutura no coração da cidade de Florianópolis.

Considerado pelo The Huffington Post uma das melhores conferências de marketing do mundo e pela Forbes a Disneyland do marketing digital, o RD Summit se tornou o maior evento do setor na América Latina.

Se você ainda não conhece, assista o vídeo da edição 2016 que levou 5.500 participantes, e tenha a dimensão do evento. Aproveite também para bloquear na sua agenda os dias 8, 9 e 10 de novembro de 2018, quando ocorrerá a próxima edição que pretende receber 12 mil profissionais na Ilha do Silício.

Escalando o time de marketing e vendas com um chatbot

Quando decidimos patrocinar o RD Summit, entendemos que um dos maiores desafios seria desenhar uma estratégia comercial inteligente onde pudéssemos focar nas principais oportunidades de negócio com uma abordagem de vendas high-touch, com reuniões, utilizando um press-kit de alto nível e um discurso de vendas matador. E ao mesmo tempo escalar a geração de leads e conseguir impactar/relacionar com o maior número de pessoas possível, usando uma abordagem no-touch ou no mínimo low-touch, ou seja, baixa necessidade de interação do time e baixo custo.

Além disso, tínhamos como um dos nossos principais objetivos reforçar nossa marca como referência no Brasil no segmento de marketing digital, vendas e transformação digital. Outro desafio, era ativar o nosso espaço na feira que tinha 80 expositores, para que as pessoas se sentissem atraídas e desejassem conversar conosco.

como escalamos time gerar leads rd summit

O nosso negócio é enxuto e pretendíamos levar para Florianópolis apenas 6 pessoas dos 12 que integram o nosso time atualmente.

Nasce a ideia da Bruna, o chatbot da Surfe

A ideia surgiu durante o evento Chatbot4devs, organizado pelo nosso cliente Take, que é a principal referência no desenvolvimento de chatbots para grandes empresas na América Latina. A Take já desenvolveu chatbots para empresas como Localiza, Casas Bahia, Rock’in Rio e diversas outras gigantes. E também criadora do Blip.ai, plataforma para criação e gestão de chatbots focada em desenvolvedores.

Após algumas apresentações onde eram demonstradas as vantagens da utilização de bots para conversas automatizadas no atendimento ao cliente, engajamento em eventos e campanhas de marketing e também para vendas, a Isabela Mendes, atual CEO da Surfe Digital, após interagir com o bot do próprio evento teve a ideia de levar para o RD Summit um chatbot, de nome Bruna.

Nasce a Bruna (a Surfistinha. rs).

O planejamento do bot e a estratégia por trás da Bruna

A Bruna foi planejada e criada para ser uma assistente virtual e responder o básico relacionado a Surfe Digital e assuntos relacionados ao inbound e marketing digital. A Bruna tem personalidade própria, é bem humorada, gosta de mandar gifs divertidos, possui inteligência artificial e foi conectada também com o RD Station – Plataforma de gestão e automação de marketing Digital da Resultados Digitais para integração dos dados do bot com a base de leads gerados no site, campanhas, landing pages e os leads originados no app do evento.

A Bruna responde a 16 tipos de perguntas e também explica o significado de palavras de um glossário de marketing digital e inbound com aproximadamente 30 termos, tais como “CAC” ou “o que é CAC?” e “o que é inside sales?”. A Bruna também foi programada para checar o estoque de brindes em um banco de dados e realizar sorteios aleatoriamente, de maneira automatizada para as pessoas que conversavam com ela durante o RD Summit 2017. Além de cadastrar as pessoas para o grande sorteio de um Apple Watch 42mm no último dia de evento.

No momento em que as pessoas diziam que queriam participar da promoção, ela solicitava 2 informações, uma de cada vez (Prestem atenção, 2 dados sensíveis de uma só vez). Primeiro ela pedia um contato de email para efetuar o sorteio imediato do brinde. Depois ela perguntava um número de telefone, para ela ligar, caso a pessoa fosse a sortuda ganhadora do tão desejado relógio da Apple.

Pronto! Neste momento ela enviava email e telefone, juntamente de outras informações já fornecidas automaticamente pela plataforma do Facebook Messenger, como nome completo, sexo, dados sobre as perguntas realizadas e etc.

Veja um vídeo que demonstra como foi a interação inicial e a ação do sorteio.

Além do desenvolvimento da Bruna, do algoritmo que fazia o sorteio e das integrações. Criamos um totem de 1,30m de altura e 50 cm de largura com o objetivo de ativação visual do espaço do nosso estande na feira. A ideia era dispertar o interesse e a atenção das pessoas para o nosso espaço.

Funcionou muito bem!

como gerar leads usando chatbots

Resultados gerados no chatbot durante o RD Summit

A Bruna trocou ao todo durante os 3 dias de evento 6.096 mensagens. Média de 12,7 mensagens por pessoa. Ela não soube responder a 266 perguntas. Além disso ela reagiu corretamente a 8 dos 17 emojis que foram planejados em interações. 😉

O chatbot da Surfe também gerou quase 500 leads, com taxa de conversão próxima de 97%. Ou seja, quase todas as pessoas que interagiram com a Bruna, informaram 2 dados sensíveis (email e telefone) na primeira interação. Claro que isso se deu porque a conversa era muito natural, descontraída e ainda havia uma oferta atrativa para as pessoas que conversavam com ela.

Embora a expectativa fosse de obter ainda mais leads com a ação, consideramos um completo sucesso! A Bruna não só cumpriu o seu papel, como gerou mídia expontânea durante a palestra do nosso super amigo Fábio Ricotta que citou a marca da Surfe e nos parabenizou ao vivo na plenária principal do RD Summit em frente a mais de 3 mil pessoas pela utilização do bot em nossas ações. A Bruna nos trouxe vários leads e oportunidades de negócios que pediram para conversar conosco porque gostaram do bot e do nosso jeito de pensar inbound e negócios digitais.

Ah! Se quiser conversar com a Bruna no facebook, fique a vontade. Embora ela seja um MVP, ainda está online e pretendemos ir evoluindo esse aprendizado nos próximos meses.

A Bruna também teve papel fundamental nos diferenciando da concorrência, já que fomos a única empresa expositora que tinha um chatbot em seu estande. Também conseguimos demonstrar nossa visão sobre as empresas do futuro, que são cada vez mais automatizadas, inteligentes e escaláveis. Nos colocando um passo a frente!

Sem falar que a Bruna nos aproximou de outros negócios expositores da feira, gerou engajamento entre RDoers (experimente perguntar para a Bruna qual é o seu RDoer favorito. rs!) e nos fez compreender ainda mais nossa vocação e nosso propósito transformador.

Agradecimentos finais

Não podemos deixar de mencionar o quanto o nosso cliente Take teve um papel fundamental neste projeto. Nos contaminando com seu slogan “One Step Beyond” e nos influenciando com suas ideias a cerca dos bots.

Obrigado Roberto Oliveira, Juliano Braz, Raphael Pacheco, Caio Calado, Léo Velozo, a todo time de marketing (Nathália, Renata, Ana Júlia) e em especial ao Vinícius por ter nos influenciado tão positivamente. Se não fosse por vocês, não teríamos tido esse aprendizado e a experiência com nosso primeiro chatbot.

Agora quer saber como gerar leads usando chatbots? Leia meu outro post onde falo sobre o assunto.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *