Vocabulário do Inbound Marketing

Tempo de leitura: 4 minutos

Quem é novo no Marketing Digital, ou até mesmo quem já trabalha na área, tem algumas dúvidas sobre os termos mais utilizados. São palavras em inglês e português que se misturam e podem acabar causando confusão. São termos muito úteis e fundamentais no dia a dia dos profissionais de marketing e dos clientes.

Abaixo você confere um compêndio das palavras usadas com mais frequência, o que significam e em qual contexto do Marketing Digital estão inseridas.

vocabulario-inbound-marketing

Automação

Para otimizar alguns processos do trabalho a automação serve para tornar automáticas algumas ações do marketing digital, permitindo, assim, melhores resultados em pouco espaço de tempo. A automatização pode ser, por exemplo, de emails para um público em especial, que pode ser diretores de empresas, funcionários, leads, etc.

B2B (business-to-business)

É a sigla que representa transações comerciais feito de empresas para outras empresas.

B2C (business-to-consumer)

Já este estabelece a relação comercial entre uma empresa e o consumidor.

Call-to-action (CTA)

Literalmente “chamada para ação” que ao longo do site indica uma ação a ser feita pelo visitante. Ela pode estar em botões, textos com links ou em banners. Exemplos comuns de CTAs que costumamos ver são “Baixe o ebook”, “Clique aqui e saiba mais”, “Receba mais informações”, entre outros.

Conversão

É quando um visitante realiza uma ação em troca de alguma informação. Quando ele deixa o email em troca de alguma coisa, por exemplo. Ou no caso de uma conversão em venda, quando o cliente coloca seus dados de pagamento e conclui uma compra.

Funil de vendas

Pense na imagem de um funil ou de uma pirâmide invertida. Esse é o funil de vendas. Ele representa os diferentes estágios percorridos pelo usuário (pessoas) no processo de vendas. O funil de vendas é dividido em três partes: Topo de Funil, Meio de Funil e Fundo de Funil. Nos três estágios é importante produzir um conteúdo específico para continuar na tentativa de converter o usuário em cliente.

Tão importante quanto as três partes de divisão do funil, estão as etapas do processo de vendas inbound: atrair, converter, relacionar, vender e analisar.

Landing page

Em bom português ela também é conhecida como página de captura ou página de aterrissagem. Utilizar landing pages podem ser uma ótima tática para que os visitantes do seu site ou blog virem leads. São páginas super planejadas, construídas e testadas estatisticamente para obter os dados de quem a visita com uma frequência bem maior do que em uma página comum. É criado um formulário, onde o usuário deixa as informações e baixa o conteúdo. Você pode oferecer um material rico (um ebook, por exemplo) se a pessoa der o email em troca.

Lead

Um visitante vira lead (ou um contato) quando ele fornece seu email no site ou blog que ele visita. Então, pensemos da seguinte forma. Um site oferece um material para download grátis. Em troca, a pessoa precisa fornecer o email para baixar o conteúdo. Quando ela realiza essa ação, ela se tornou em lead.

Palavra-chave (Keyword)

É o termo, ou os termos, que resume de uma forma sucinta o que o texto tem a dizer como um todo. As palavras-chave são muito importantes no processo de Inbound Marketing, pois, dentro da metodologia de SEO (search engine optimization), elas ajudam a otimizar o conteúdo para obter melhores resultados e aquisição de tráfego. Ou seja, utilizando as palavras corretas, o site e o conteúdo conseguem um bom ranqueamento nas pesquisas do Google.

Persona

A persona é uma parte fundamental para o Inbound Marketing. São personagens fictícios ideais do consumidor alvo da empresa. A partir da compreensão desses personagens as estratégias podem começar a ser elaboradas. Para entender melhor o que são as personas e quais as suas funções, leia o post especial sobre isso no nosso blog.

ROI

A sigla vem do inglês Return on Investment e quer dizer Retorno sobre Investimento, em português. O ROI é um conceito que está nas métricas do marketing digital e diz respeito à relação entre o dinheiro ganho, ou perdido, e o que foi investido nas estratégias de marketing.

SEO

Search Engine Optimization, ou otimização para mecanismos de busca, é um conjunto de estratégias que auxiliam no posicionamento de sites nas buscas do Google. O objetivo é potencializar os resultados orgânicos nos sites de busca, gerando tráfego e mais leads para a empresa.

Taxa de conversão

É a porcentagem de visitantes que converte. Ou seja, se a taxa de conversão em lead de determinada página é de 65%, quer dizer que 65 a cada 100 visitantes se converteram em leads.

Se tivermos esquecido alguma palavra contribua conosco e deixe nos comentários!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *